sexta-feira, 3 de maio de 2013

Aurora Maria Martins

SUAVE ALVORECER

Olho o céu....pouco antes de amanhecer
Perco-me na magia dum novo alvorecer
O céu é caminho infinito por desvendar
O oculto se faz eternidade no meu olhar
A lua esconde-se.......já meio cansada
Depois de um noite de vigia.. acordada
As estrelas perdem o brilho suavemente
Adormecem e se apagam muito lentamente
O firmamento... se prepara com alegria
Para receber infalivelmente um novo dia
Nuvens de algodão... flutuam no espaço
Aos poucos... se diluem com desembaraço

Nenhum comentário:

Postar um comentário