domingo, 12 de maio de 2013

António Montes

TRENZINHO

... Piuiiiii, lá vem o trem
vem longe atrás do horizonte
passa monte passa flora
Vuco, vuco já é quase hora
Passa ponte passa fauna
fiuiiiii, vem apitando na estrada
Passa boi pássaros e boiada
lago e morena toda molhada,
robusta linda e cacheada
Também passa pelo rio
vem trepidando pelos trilhos
Trás amor trás saudade
esse trem é de verdade
Tem carvão tem maquinista
Tem fumaça tem artista
mais rápido que bicicleta
Tem rima e tem poeta
não atrasa é hora certa
Tem menina com peteca
esta chegando bem no plano
Trás, folias e também fulanos
Viaja noite com muito açoite
Ele vem hoje antes que foste
Vem na fileira em disparada
é uma carreira danada
Ai esta, na hora chegou
e toda saudade assassinou
Trouxe o que era para trazer
só não trouxe o meu amor
Agora vai na hora faceira
já sai deixando muita dor
leva alegria com quem vai
e lembranças dos nossos ais
Leva o choro e a paixão
envolvendo todo coração
levando e deixando recordação
apitando alegre triste sensação
E vai levando todo adeus
os meus o dele e o teu
Vai trenzinho lindo indo
vai indo sempre com Deus

Nenhum comentário:

Postar um comentário